O Curso para formação de Contadores de Histórias acontecerá no período de agosto a novembro de 2020.

“Formamos um voluntário Contador de Histórias com competências de um agente de saúde, pesquisador e promotor das boas práticas na gestão do bem-estar.”

Desejamos um cidadão consciente pela causa “humanização da Saúde”, que tenha compromisso com nossa missão junto a crianças, adolescentes, famílias e profissionais. Que seja constante na responsabilidade de educar e obter saúde com indicadores positivos.

Para tornar-se parte integrante de nossa equipe de contadores de histórias em hospitais e adquirir o Direito de Uso do Jaleco/Avental da Viva, é necessário que o participante tenha aproveitamento acima da média nas aulas teóricas do curso de formação, modalidade EAD-Curso à Distância.

Nosso Curso consta dos seguintes módulos teóricos:

Módulo I – Princípios e Diretrizes da Associação Viva e Deixe Viver e voluntariado Contemporâneo. EAD ou ON LINE AO VIVO aberto para perguntas.

Módulo II – Planejamento Pessoal e Administração do Tempo. EAD

Módulo III – Formação de Leitores, o valor do registro no Diário do contador de histórias. EAD

Módulo IV – A Ética do Contador e o Uso do Jaleco/avental da Viva. EAD

Módulo V – A Descoberta do Brincar e contar histórias na saúde mental. EAD

Módulo VI – Sarau Literário ONLINE  – AO VIVO

Módulo VII –  Morte e Perdas. Como lidar e cuidados paliativos. EAD

Módulo VIII – Vivência Terapêutica (importância da percepção e os tipos de encontros) PRESENCIAL

Módulo IX – Treinamento nos hospitais (como entrar nas enfermarias e a mala do contador) PRESENCIAL

Módulo X – Assumindo o seu contador de histórias (direitos da criança, regras do hospital, cabeças-de-chave, credo, rito e ritual) PRESENCIAL

O certificado do curso só será emitido após a finalização de todos os módulos, e está condicionado ao aproveitamento do curso. Para aqueles que desejam se tornar  voluntário(a) da Associação Viva e Deixe Viver, será necessário ter concluído os 07 Módulos EAD no prazo previsto e participar de vivências, dinâmicas e treinamento nos hospitais, conduzidas pelo cabeça de chave, que visam avaliar alguns requisitos essenciais para atuar no ambiente hospitalar e a disposição do candidato em realizar trabalho voluntário, com compromisso e responsabilidade. As datas e local dos encontros presenciais serão divulgadas posteriormente.

 

Fazem parte do regulamento para se tornar um voluntário Contador de História da Associação Viva e Deixe Viver as seguintes regras:

  • Conhecer e concordar com a missão, causa, princípios e visão da Associação Viva e Deixe Viver (http://www.vivaedeixeviver.org.br/images/stories/manuais/manual-viva.pdf)
  • Ter idade superior a 18 anos;
  • Gostar de ler, ter disponibilidade para estudar livros infantis e interesse em ser Contador de Histórias;
  • Ter disponibilidade para atuar uma vez por semana por duas horas no hospital de sua escolha dentre os Hospitais parceiros da Associação;
  • Participar das atividades de educação continuada promovidas pela Associação para o aperfeiçoamento da atividade de contar histórias. Isto envolve oficinas, cursos de reciclagem e palestras de atualização. Será requisitado a presença de no mínimo 2 das atividades/encontros anuais;
  • Estar ciente que o trabalho voluntário como Contador de Histórias no Hospital não se caracteriza como estágio;
  • Assinar os termos e contrato relativos ao seu trabalho como voluntário da Viva antes do início de sua atuação como voluntário.

 

Dentre as normas regulamentadores incluem-se:

  • É expressamente proibido tirar fotos das crianças;
  • É expressamente proibido fazer uso do trabalho voluntário na Associação Viva e Deixe Viver para buscar colocação profissional, junto aos hospitais parceiros da Associação Viva e Deixe Viver, prática que caracteriza infração ética grave;
  • O direito de Uso do jaleco/avental da Associação Viva e Deixe Viver, que será disponibilizado na formatura, permanecerá vigente enquanto o(a) voluntário(a) estiver em atuação nos hospitais parceiros. Caso haja desistência, afastamento ou desligamento ou abandono das ações voluntárias, o jaleco/avental deverá ser devolvido ao cabeça de chave ou a coordenadora da Viva.

 

Taxa de inscrição:

A formação para Contadores de Histórias da Viva e Deixe Viver 2020, tem uma taxa no valor de R$ 100,00 (Cem reais) à vista ou parcelado, correspondente aos custos administrativos, lanches e o direito de uso do jaleco/avental, durante as atuações dentro dos hospitais.

A participação no curso será confirmada após o pagamento de taxa de inscrição e não haverá devolução da taxa de inscrição, em caso de desistência do Curso A ARTE DE CONTAR HISTÓRIAS E DO BRINCAR NO ÂMBITO SAÚDE E DA EDUCAÇÃO.

INSCRIÇÕES ABERTAS CLIQUE AQUI

Qualquer dúvida, entrar em contato com Violeta Cimino pelo e-mail: dibvioleta@gmail.com

canlı casino, casino artemisbet, supertotobet, tipobet365, film izle, truvabet, onwin, mobilbahis, casino, youwin, tipobet, canlı bahis
betwinner escort şirinevler wormate rulet siteleri casino siteleri kartal escort yeni bahis siteleri bonus veren siteler