“ARTE DE CONTAR HISTÓRIAS E DO BRINCAR NO ÂMBITO DA SAÚDE E DA EDUCAÇÃO”

REGULAMENTO – CURSO VIVA E DEIXE VIVER DE CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS 2020

LEIA COM MUITA ATENÇÃO

AS INFORMAÇÕES ABAIXO SÃO PARA O CURSO DE PORTO ALEGRE

O Curso para formação de Contadores de Histórias acontecerá no período de abril a agosto de 2020.

Formamos um voluntário Contador de Histórias com competências de um agente de saúde, pesquisador e promotor das boas práticas na gestão do bem estar.

Desejamos um cidadão consciente pela causa “humanização da Saúde”, que tenha compromisso com nossa missão junto a crianças, adolescentes, famílias e profissionais. Que seja constante na responsabilidade de educar e obter saúde com indicadores positivos.

Para tornar-se parte integrante de nossa equipe de contadores de histórias em hospitais e adquirir o Direito de Uso do Avental da Viva, é necessário que o participante tenha 100% de presença nas aulas teóricas do curso de formação.

Nosso Curso consta dos seguintes módulos teóricos:

04 de Abril – das 8h:30min ás 12h:00min – Local: Kinder – Endereço: R. Marcone, 421 – Partenon, Porto Alegre – O valor e o papel do Voluntariado – Gabriel Perissé

18 de Abril – das 8h:30min ás 12h:00min – Local: Colégio Universitário – Endereço: Avenida Teresópolis 2805 – Porto Alegre – Voluntário: Motivando vidas, reconstruindo sonhos – Edimilson Klein

16 de Maio – das 8h:30min ás 12h:00min – Local: Kinder – Endereço: R. Marcone, 421 – Partenon, Porto Alegre – Princípios e Diretrizes da Associação Viva e Deixe Viver e Fundamentos Filosóficos do Voluntariado Contemporâneo.  Apresentação da Associação Viva e Deixe Viver e do processo de treinamento. A Ética do Contador e o Uso do Avental da Viva e Ambientação Hospitalar e Mundo da Saúde.

30 de Maio – das 8h:30min ás 12h:00min  – Colégio Universitário – Endereço: Avenida Teresópolis 2805 – Porto Alegre 8h:30min ás 10h:00min Administração do Tempo no Era uma Vez – Carla Plentz Propõe aos participantes uma visão sobre as diferentes atividades do seu dia-a-dia, proporcionando uma reflexão sobre a inserção da ação voluntária na magia do “Era uma vez, do Brincar e como elas transformam as vidas de pais e crianças”.

10h:30min ás 12h:00min – Processo de Morrer /Lidar com as Perdas – Danusa Cunha Fala sobre o paciente paliativo e sua família, o conforto físico, social e espiritual, além do processo de luto.

20 de Junho das 8h:30min ás 12h:00min – Colégio Universitário – Endereço: Avenida eresópolis 2805 – Porto Alegre A descoberta do brincar e a Arte de Contar Histórias – Naraiana Freitas Abordar a realidade hospitalar, os cuidados necessários com a higiene, como a lavagem das mãos, alimentação, aparência, o respeito pela equipe multidisciplinar, acompanhantes e pelas normas do hospital, através de literatura apropriada visando a cultura e educação. Conhecer práticas e valores da Associação.

11 de Julho das 8h:30min ás 12h:00min – Local: Kinder – Endereço: R. Marcone, 421 – Partenon, Porto Alegre – 8h:30min ás 10h:00min – O olhar da Psicologia para a vivência no Hospital

10h:30min ás 12h:00min – Formação de leitores e o Valor do Registro no Diário do contador – Idione Rosa

20 de Julho até 10 de Setembro (Obrigatória) – Disciplina: Treinamento no Hospital – Conhecer o ambiente hospitalar, as regras do hospital e iniciar a contação de histórias e incentivar a leitura para as crianças e adolescentes a partir do monitoramento de um voluntário mais experiente.

Neste período o voluntário deverá escolher  DOIS dias com duas a três horas disponíveis em cada dia.

As atividades vivenciais são excludentes, não existe a possibilidade de reposição. São elas: Vivência Terapêutica e Treinamento nos Hospitais.

Fazem parte do regulamento para se tornar um voluntário Contador de História da Associação Viva e Deixe Viver as seguintes regras:

– Conhecer e concordar com a missão, causa, princípios e visão da Associação Viva e Deixe Viver
– Ter idade superior a 18 anos;
– Gostar de ler, ter disponibilidade para estudar livros infantis e interesse em ser Contador de Histórias;
– Ter disponibilidade para atuar uma vez por semana por duas horas no hospital de sua escolha dentre os Hospitais parceiros da Associação;
– Participar das atividades de educação continuada promovidas pela Associação para o aperfeiçoamento da atividade de contar histórias. Isto envolve oficinas, cursos de reciclagem e palestras de atualização. Será requisitado a presença de no mínimo 6 das atividades anuais acimas descritas;
– Estar ciente que o trabalho voluntário como Contador de Histórias no Hospital não se caracteriza como estágio;
– Assinar os termos e contrato relativos ao seu trabalho como voluntário da Viva antes do início de sua atuação com voluntário;

Dentre as normas regulamentadores incluem-se:
– É expressamente proibido tirar fotos das crianças;
– É expressamente proibido fazer uso do trabalho voluntário na Associação Viva e Deixe Viver para buscar colocação profissional junto aos hospitais parceiros da Associação Viva e Deixe Viver, prática que caracteriza infração ética grave;
– O direito de Uso do avental da Associação Viva e Deixe Viver, que será disponibilizado na Sede da Associação no evento (Conversa Viva), permanecerá vigente enquanto o voluntário estiver em atuação nos hospitais parceiros. Caso haja desistência, afastamento ou desligamento ou abandono das ações voluntárias, o avental deverá ser devolvido na sede em São Paulo e assinado o Termo correspondente.

Taxa de inscrição

O interessado em participar desta formação deverá contribuir com o pagamento de uma taxa no valor de R$ 450,00 (quatrocentos e cinquenta reais), podendo ser pago integralmente no ato da inscrição ou duas parcelas de R$ 250,00 (duzentos e cinquenta reais). Caso o pagamento seja parcelado, a primeira parcela deve ser paga até 04 DE MARÇO de 2020, a segunda parcela até 04 DE ABRIL. O valor deve ser pago preferencialmente via transferência/ DOC para a conta da Caixa Econômica Federal, agência 0913, operação 013 (poupança), conta 00037494-1, CPF: 471.974.800/78.

Os que fizerem depósito em dinheiro também devem escrever no comprovante de pagamento o nome completo, tendo em vista que o extrato da caixa não permite que sejam reconhecidos quem depositou o valor em dinheiro.

Não haverá devolução da taxa de inscrição em caso de desistência do Curso de Contação de História.

Qualquer dúvida, entrar em contato com Idione da Rosa pelo e-mail: portoalegre@vivaedeixeviver.org.br ou WhatsApp: (51) 991045670

FAÇA A SUA INSCRIÇÃO AQUI

canlı casino, casino artemisbet, supertotobet, tipobet365, film izle, truvabet, onwin, mobilbahis, casino, youwin, tipobet, canlı bahis
betwinner escort şirinevler wormate rulet siteleri casino siteleri kartal escort yeni bahis siteleri bonus veren siteler