Histórias da Dona Morte

 

Por que o morrer faz parte da vida

O que é?
O conjunto de narrativas que fortalece a esperança em todas as sociedades é o sonho e o mistério da imortalidade. Quem morre sempre deixa um legado, uma possibilidade de reflexão sobre a vida e o viver coletivamente.

Todos nós morreremos um dia, só não sabemos quando, pela lei natural da vida. A morte de uma criança nem sempre é a esperada, já velhice ou por uma doença nos abre um leque de possibilidades de transformar estes momentos em ações e olhares acolhedores.

Objetivos:
Construir histórias positivas a partir de vivências ou de causos sobre a morte morrida, matada ou só assustada.

Apresentar e debater os cinco estágios sobre o morrer: negação, raiva, barganha, depressão e aceitação.

Resgatar memórias, misturar e criar através do coletivo, novas histórias e ilustrações sobre a consciência da morte e do morrer, para comporem o Banco de Histórias: o portal www.bisbiblotecaviva.org.br

Público-alvo: Profissionais e estudantes da saúde e educação; sociedade em geral e voluntariado.

1º Módulo
A morte e o morrer e o luto para quem fica
Desmistificar, discutir e refletir sobre a morte e o morrer a partir dos estágios de compreensão e consciência do que se perdeu ou trouxe ganhos necessários para transformar o bem viver, onde a saudade e as boas lembranças serão coadjuvantes contínuas da história de quem fica.

2º Módulo
Humanização na mediação de conflitos para viver, conviver e morrer
Refletir sobre o mundo globalizado, veloz, individualista e tecnológico, onde o ser humano se desumaniza pela máquina, redes sociais, pelos sistemas, pela inteligência artificial e pela falta de diálogo.

3º Módulo
Cuidados paliativos: Menos dor, mais amor e empatia
Oferecer aos participantes uma visão de assistência humanizada em relação aos últimos estágios de uma doença com prognóstico de incurabilidade. O conforto e o acolhimento destas pessoas requerem o envolvimento da família e ou responsáveis, dos cuidadores hospitalares e da medicina integrativa.

4º Módulo
Morte e legado da existência: Histórias apreciativas
Construir histórias positivas a partir de vivências ou de causos sobre a morte morrida, matada ou só assustada. Aplicaremos a metodologia(*) HISTÓRIAS APRECIATIVAS (Baseado no Appreciativ Inquiry), desenvolvido por David Copperrider. Resgatar memórias, misturar e criar através do coletivo novas histórias e ilustrações sobre a consciência da morte e do morrer de entes queridos e seus legados.

5º Módulo
Arte de morrer: Cultura de valores de paz – SARAU: Histórias da Dona Morte
O medo da morte, fenômeno natural, para a grande maioria sempre despertou muito mistério tanto na religião, como na ciência. Blasfemamos sem querer por motivos bobos, geralmente quando temos que fazer algo insuportável e inadiável, ou mais real, a perda do emprego, de um grande amor, da bolsa ou na bolsa, dos movimentos do corpo e sentidos, da juventude, de valores humanos entre outros, nos paralisam.

Data: 03 a 07 de novembro
Local: Escola de Enfermagem da USP – Av. Dr. Enéas Carvalho de Aguiar, 419 – Cerqueira César, São Paulo – SP, 05403-000

INSCRIÇÕES EM BREVE

canlı casino, casino artemisbet, supertotobet, tipobet365, film izle, truvabet, onwin, mobilbahis, casino, youwin, tipobet, canlı bahis, deneme bonusu veren siteler, bahis siteleri
betwinner yabancı dizi amqsports.com rulet siteleri casino siteleri istanbul escort kartal escort yeni bahis siteleri bonus veren siteler